16 de fevereiro de 2008

É ladra e perversa minha

emoção.

Rouba-me toda razão,

extorquindo

qualquer reação.

Permita-me...

Permita-me receber a luminosa força do seu olhar, para que eu possa oferecer-lhe o que é intenso em mim. Permita oferecer-lhe minha servil obediência. Permita que meus lábios passeiem por toda sua extensão... Inicialmente sentindo seus saborosos pés com lambidas famintas da minha ávida boca. Permita acariciá-lo, beijando-lhe o corpo onde honradamente desfrutarei dos sabores de cada um dos recantos da sua acetinada pele... e que ao toque recebido, ordenes-me mais e mais... Suplico-lhe permissão para que calma e lentamente possa cheirar o aroma que exalas... O alucinante cheiro que me inebria... Alimenta-me com seu domínio, sacia minha desértica sede para que gulosamente eu possa bebê-lo em gotas, em goles...

Florbela Espanca - cemitérios.

Eu era infeliz na terra, Ninguém me compreendia, Quando a minha alma chorava Todos pensavam que eu ria...

14 de fevereiro de 2008

discordando de Exupèry...

Recebi uma mensagem hoje da marcinha que dizia: “ Se tu choras por ter perdido o sol, as lágrimas te impedirão de ver as estrelas". - Antointe de Saint-Exupèry -

Prefiro assim; ___ Se tu choras, mesmo que percas um dia de sol, chora com vontade, porque só assim lavarás teus olhos para vislumbrar a noite estrelada.

brincando de viver

Na vida a gente chega, vive e parte só. Assim é... Entretanto nos cabe desnudar situações, pessoas e emoções. Nos cabe preenche-la com aprendizados e pontilhá-la com momentos felizes. Apenas momentos, porque se fosse uma constante, nada teríamos à construir, seria muito enjoativa e sem graça. rss. Há que se viver todas as sensações, boas e ruins, é esse o caminho. Há que se abraçar a vida, com garra e força. Há que brigar como se estivessemos num ringue, é uma briga com você, por você e pela vida. Hà que se brincar e arriscar nesse grande parque de diversões.

11 de fevereiro de 2008

Existem mulheres que repudiam e se ofendem com a idéia de ser chamada de cadela, e há outras como eu, que sentem-se honradas. Ser cadela é submeter-se especificamente á alguém que exerça domínio sobre ela. Ser cadela é servir, é obedecer é ser fiel. Ser cadela é sentir prazer no prazer de quem a domina. Ser cadela é o estado pleno e dócil da consciente submissão.
Ser submissa é ininterrupto gozo.
Físico e emocional.

10 de fevereiro de 2008

Jeff Beck

video

DORlicias - meus devassos desejos.

Forte é o desejo que sinto
em ter minhas carnes riscadas
pelo açoite do chicote,
do que mais vier...
Ser marcada através de todas
as "dorlícias"
que um dominador pode,
em estado de gozo,
promover e saborear.
Sentir e dar prazer são trocas,
provocantes e generosas ...
Devassos pensamentos
induzem-me a acariciar
e a marcar o próprio corpo,
alimentando o mínimo,
dessa imensidão de quereres
que impressionantemente
me devoram.

7 de fevereiro de 2008

Sou imensa
em minha ilusão
Sou tantas...
Sou grandiosa
em meus sonhos
Quantas sou?
Não há limites
na imaginação
sou tantas
e quantas
barreiras transponho...
O coração,
meio vagabundo
às vezes sensato
dita os passos
incerto
sou no compasso
e me faz santa
mesmo sendo tantas
em uma só
me faz meretriz
no fogo da paixão
e como perfeita atriz,
sou uma eterna
pescadora
de emoção...

SUBMETA - SE

"...PORQUE A LEVO NUMA VIAGEM PROFUNDA...
SUBMETA-SE AO TEMPO TAMBÉM.
SUBMETA-SE A TUDO..."

Lou Salomé

Ouse, ouse... Ouse tudo!! Não tenha necessidade de nada! Não tente adequar sua vida a modelos, nem queira você mesmo ser um modelo para ninguém. Acredite: a vida lhe dará poucos presentes. Se você quer uma vida, aprenda ... a roubá-la! Ouse, ouse tudo! Seja na vida o que você é, aconteça o que acontecer. Não defenda nenhum princípio, mas algo de bem mais maravilhoso: algo que está em nós e que queima como o fogo da vida!!

3 de fevereiro de 2008

sem heresia - templo, templo, templo

No templo,
sob todas as bênçãos
quero copular
também,
sobre a mesa do altar.

2 de fevereiro de 2008

O saber obedecer é a
mais perfeita ciência.

Charles Evans Hugues

Quando nós perdemos o direito de ser diferente Nós perdemos o privilégio de ser livre.

John Lennon

Amo a liberdade, por isso... deixo as coisas que amo livres... Se elas voltarem é porque conquistei, Se não voltarem é porque nunca as possuí.